Assim como com as filhós, Loures não passa a quadra carnavalesca sem a realização do enterro de Carnaval, na quarta-feira das cinzas.

Cresci com esta tradição e para a homenagear não dispensei a referência a este engraçado acontecimento em “Os Exploradores e o baile de máscaras”.

Transformado em partida de Carnaval, o famoso e sinistro enterro do rei está assim retratado no último capítulo daquela história.

publicado por Marina às 23:16